PERCEPÇÕES SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA DOCENTE DO ENFERMEIRO NO ENSINO SUPERIOR

Alan Cardec Barbosa, Gersileide Paulino de Aguiar

Resumo


O objetivo do estudo foi investigar sobre a formação de enfermeiros no âmbito pedagógico, e destacar as dificuldades encontradas na prática docente universitária. Os participantes foram enfermeiros que integrava o quadro do curso de enfermagem de uma faculdade privada no município de Barra do Garças-MT, Brasil. Foi aplicado um questionário com perguntas abertas e fechadas buscando investigar características da formação na graduação e pós-graduação, percepções sobre a prática docente, e dificuldades encontradas no âmbito didático-pedagógico. Os participantes tinham menos de oito anos de formação, três eram especialistas e dois mestres. Evidenciou dificuldades relacionadas ao déficit na formação didático-pedagógico na graduação e pós-graduação, bem como relacionadas a características dos acadêmicos. Sobre a percepção, relatou-se que é fundamental o enfermeiro ter conhecimento dos conteúdos teórico-práticos, habilidade didático-pedagógica, bem como a formação dos valores e da ética profissional, assim como a necessidade de educação permanente no âmbito docente.


Texto completo:

PDF

Referências


BACKES, Dirce Stein et al. Repensando o ser enfermeiro docente na perspectiva do pensamento complexo. Rev. bras. enferm., Brasília , v. 63, n. 3, p. 421-426, Jun. 2010.

BOLPATO, Marieli Basso; SOUZA, Patrícia Reis de, FARIA, Anderson Assis. A evolução da docência no ensino superior: uma revisão reflexiva. Revista interdisciplinar, Barra do Garças, v. 2, n. 14, p. 66-71, 2015.

BRASIL. Ministério da Educação (BR). Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Superior. Resolução no. 3, de 07 de novembro de 2001. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Enfermagem. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília (DF) 2001 nov; 1:37.

BRASIL. Conselho Nacional de Saúde. Resolução n° 466, 2012. Diretrizes e Normas regulamentadoras de pesquisa envolvendo seres humanos. Brasília, 13 jun. 2013. Seção 1 p. 59.

FARIA, Josimerci Ittavo Lamana; CASAGRANDE, Lisete Diniz Ribas. A educação para o século XXI e a formação do professor reflexivo na enfermagem. Rev. Latino-Am. Enfermagem, Ribeirão Preto , v. 12, n. 5, p. 821-827, out. 2004.

FERREIRA JUNIOR, Marcos Antonio. Os reflexos da formação inicial na atuação dos professores enfermeiros. Rev. bras. enferm., Brasília , v. 61, n. 6, p. 866-871, Dez. 2008.

FONTENELE, Geísa Machado; CUNHA, Renata Cristina da. Formação pedagógica dos docentes de enfermagem em uma instituição de ensino superior privada na cidade de Parnaíba-PI. Revista Educação e Linguagens, Campo Mourão, v. 3, n. 5, jul./dez. 2014.

FREIRE, Leila Inês Follmann; FERNANDEZ, Carmen. O professor universitário novato: tensões, dilemas e aprendizados no início da carreira docente. Ciênc. educ. (Bauru), Bauru, v. 21, n. 1, p. 255-272, Mar. 2015.

ITO, Elaine Emi et al. O ensino de enfermagem e as diretrizes curriculares nacionais: utopia x realidade. Rev Esc Enferm USP. 40 (4):570-5, 2006.

MARTINS, Christiane et al . Perfil do enfermeiro e necessidades de desenvolvimento de competência profissional. Texto contexto - enferm., Florianópolis , v. 15, n. 3, p. 472-478, Set. 2006.

PETTENGILL, M.A.M. et al. O professor de enfermagem frente às tendências pedagógicas. Uma breve reflexão. Rev. Esc. Enf. USP, v.32, n.1, p.16-26, abr. 1998.

PINHEL, Inahiá; KURCGANT, Paulina. Reflexões sobre competência docente no ensino de enfermagem. Rev. esc. enferm. USP, São Paulo , v. 41, n. 4, p. 711-716, Dec. 2007.

RODRIGUES, Malvina Thaís Pacheco; MENDES SOBRINHO, José Augusto de Carvalho. Enfermeiro professor: um diálogo com a formação pedagógica. Rev. bras. enferm., Brasília , v. 60, n. 4, p. 456-459, Aug. 2007.

RODRIGUES, Malvina Thaís Pacheco; MENDES SOBRINHO, José Augusto de Carvalho. Obstáculos didáticos no cotidiano da prática pedagógica do enfermeiro professor. Rev. bras. enferm., Brasília , v. 61, n. 4, p. 435-440, Ago. 2008.

SILVEIRA, Renata; CORRÊA, Adriana Kátia. Análise integrativa da literatura (1999-2003): ensino em educação profissional em enfermagem. Revista de Enfermagem UERJ, Rio de Janeiro, p. 91-96, 2005.

TREVISAN, Danilo Donizetti et al. Formação de enfermeiros: distanciamento entre a graduação e a prática profissional. Cienc Cuid Saude, Abr/Jun; 12(2):331-337 2013.

ZANI, Adriana Valongo; NOGUEIRA, Maria Suely. Incidentes críticos do processo ensino-aprendizagem do curso de graduação em enfermagem, segundo a percepção de alunos e docentes. Rev. Latino-Am. Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 14, n. 5, p. 742-748, Out. 2006.

ZOCCHE, Denise Antunes de Azambuja. Educação profissional em saúde: reflexões sobre a avaliação. Trab. educ. saúde, Rio de Janeiro , v. 5, n. 2, p. 311-326, Jul. 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.