AS PRINCIPAIS DIFICULDADES ELENCADAS PELAS MULHERES DO PSF DO OURO FINO EM RELAÇÃO À COLETA DO EXAME PAPANICOLAU

THATIANY JESUS DE MOURA FRANCO, CINTHYA CRISTINA DE OLIVEIRA CANUTO DOS REIS, CARLA ROBERTA SILVA SOUZA ANTÔNIO, NASCIANE CORRÊA DEVOTTE

Resumo


O presente trabalho visa acima de tudo um estudo aplicado sobre as dificuldades encontradas pelas mulheres em realizar o exame de Papanicolau. Sabemos que tal exame é responsável pelo diagnóstico do câncer de colo de útero, enfermidade que tem acometido dezenas de mulheres em todo o Brasil e feito inúmeras vítimas. Firmamos o compromisso de estudo a respeito do caso para compreender por qual razão muitas mulheres deixam de realizar o exame e acabam por ficarem sujeitas a desenvolver a doença, assim como várias Infecções Sexualmente Transmissível que podem evoluir por falta de acompanhamento ginecológico e cuidados específicos de tratamento.


Texto completo:

PDF

Referências


ABEC – Faculdades Unidas do Vale do Araguaia. Elaborando Trabalhos Científicos: Normas para apresentação e elaboração. Barra do Garças: ABEC, 2015.

AMORIM, V. M. S. L. et al. Fatores associados à não realização do exame de Papanicolaou: um estudo de base populacional no Município de Campinas, São Paulo, Brasil. Cad. Saúde Pública. Rio de Janeiro, v. 22, n.11, p. 2329-2338, 2006

ANDRADE, Magda Santos et al., Fatores associados à não adesão ao Papanicolau entre mulheres atendidas pela estratégia de saúde da família em Feira de Santana, Bahia, 2010. Disponível em: . Acesso em: 12 de Abril de 2016.

BACKES V. M. S et AL. Competência dos Enfermeiros na atuação como educador da saúde.Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, v. 37, n.3, 858-865, 2008

BARBEIRO, Fernanda Morena dos Santos et al., Conhecimentos e práticas das mulheres acerca do exame Papanicolau e prevenção do câncer cérvico-uterino. Rev. de Pesq.: cuidado é fundamental Online 2009. Set/dez. 1(2):414-422.

CASARIM, Michele Renata; PICCOLI, Jaqueline Costa Escobar. Educação em Saúde para Prevenção do Câncer de Colo do Útero em Mulheres do Município de Santo Ângelo/RS ano 2011. Disponível em: . Acesso em: 15 de Março de 2016.

DAVIM, Rejane Marie Barbosa, et al. Conhecimento das mulheres de uma Unidade Básica de Saúde da cidade de Natal/RN sobre o exame de Papanicolau.Rev. Esc. Enferm. USP 2005; 39 (3): 296-302.

DUAVY, Lucélia Maria, et al., A percepção da mulher sobre o exame preventivo do câncer cérvico-uterino: estudo de caso. 2006. Disponível em:. Acesso em: 22 de Abril de 2016.

FERREIRA, Maria de Lourdes Silva. Motivos que influenciam a não realização do exame de Papanicolau segundo percepção de mulheres. Rev. Enferm. ESC. Anna Nery, 2009, abr-jun;13(2) 378.84.

GESTEIRA, Solange Maria dos Anjos; LOPES, Regina Lucia Mendonça. Ano 2000 ... e o câncer cérvico-uterino ainda é um problema de saúde pública no país. Rev. Baiana Enferm. 2000. 13(1/2): 93-101.

GREENWOOD, Suzana de Azevedo MACHADO, Maria de Fatima Antero Souza; SAMPAIO, Neide Maria Vieira. Motivos que levam as mulheres a não retornarem para receber o resultado de exame Papanicolau. 2006. Disponível em: . Acesso em 22 de Abril de 2016.

HADDAD, J.; MOJICA, M. J. CHANG, M. Organização Pan-americana da Saúde. Processo de educação permanente em saúde. 1987.

JORGE, Roberta Jeane Bezerra,et al. Fatores associados a não realização periódica do exame Papanicolau. Rev. Rene, Fortaleza,12(3):606-12. 609,2011.

LOPES, R. M. L. A mulher vivenciando o exame ginecológico na presença do câncer cérvico-uterino. Rev Enferm UERJ 1998; 1(1): 165-70.

MACIEL, A.A.A. Procura por cuidado de saúde: o papel das crenças e percepções de mulheres na vivência do processo saúde-doença. [tese de doutorado]. São Paulo (SP): Faculdade de Saúde Pública/ USP; 1999.

MADUREIRA, A. B.A saúde como direito: o exame preventivo de câncer de colo uterino sob o olhar da faltosa.103 p. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) – Programa de Pós-Graduação em enfermagem da Fundação Universidade Federal do Rio Grande. Rio Grande, 2003.

RAFAEL, Ricardo de Mattos Russo, et a.,Conhecimento e práticas de usuários sobre o exame Papanicolau na Estratégia de saúde da família.Rev Enferm UFPE on line. 2011 Jan./fev.;5 (1):75-82.

ROCHA, Bruna Dedavid, et al.Exame de Papanicolau: conhecimento de usuárias de uma Unidade básica de saúde. Rev. Enferm UFSM;2(3):619-629,2012.

SANTOS, Fernanda Naiara. Fatores para a não adesão das mulheres ao exame de Papanicolau: em busca de evidencias. 2011. Disponível em: . Acesso em 22 de Março de 2016.

SANTOS, R. V. P; PENNA C. M. M. A educação em saúde como estratégia para cuidade á gestante puérpera e ao recém-nascido. Texto de enfermagem, Florianópolis, v.18, n. 4, dez. 2009.

SANTOS, T. B. A., SIQUEIRA, M. F. C., PEREIRA, Q. L. Perfil Das Mulheres Que Realizaram O Exame Papanicolau Em Um Município Da Região Do Médio Araguaia Mato-Grossense. Interdisciplinar: Revista Eletrônica da UNIVAR, 2014. Nº 11. Vol.:1 Págs.:131 – 136. Disponível em: . Acesso em 10 de Março de 2016.

SOARES, Marilu Correa, et al. Câncer de colo uterino: caracterização das mulheres em um município do sul do Brasil ano 2010. Disponível em: . Acesso em 10 de Março de 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.