ANÁLISE DAS CARACTERÍSTICAS E COMPARAÇÃO DA FORMAÇÃO DOS DOCENTES DE UMA FACULDADE PARTICULAR

MARCUS VINICUS MARIANO NASCIMENTO, SUIANI PRISCILA ROWER, LETÍCIA PINHO GOMES, LINDOMAR CAMPOS RODRIGUES, ANDERSON ASSIS FARIA

Resumo


O artigo objetivou analisar as características dos docentes que atuam no ensino superior de uma faculdade particular, enfatizando o perfil dos docentes com formação bacharel ou licenciatura, através de questionário aplicado aos docentes. Os resultados foram expressos em tabela no qual nota-se a prevalência de professores com formação em bacharel com predomínio do gênero feminino (tanto bacharéis como licenciados), sendo que os educadores com formação em licenciatura possuem média de idade superior aos docentes bacharéis. Os educadores de ambos os tipos de formação apresentam predominância de três anos ou mais de tempo de serviço no ensino superior, sendo que a maioria dos professores possui a especialização como principal titulação e foi constatado através da pesquisa que o sistema de avaliação foi a principal dificuldade dos docentes bacharéis e licenciados em sala de aula.


Texto completo:

PDF

Referências


ABEC, FACULDADES UNIDAS DO VALE DO ARAGUAIA. Elaborando Trabalhos Científicos – Normas para apresentação e elaboração. Barra do Garças (MT): Editora ABEC, 2015.

AGUIAR, G. P.; GARÇÃO, M. A. S. FORMAÇÃO CONTINUADA: desfazendo nós. Interdisciplinar: Revista Eletrônica Univar, v. 2, n. 2, 2009.

BRASIL. Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Plano Nacional de Pós-Graduação – PNPG 2011-2020 / Coordenação de Pessoal de Nível Superior. – Brasília, DF: CAPES 2010.

FLORESTI, M. C. P. P.; PEREIRA, M. L. T. Didática no ensino superior. Interface - Comunicação, Saúde e Educação v. 1, n. 1, págs. 81 a 82, 1999.

______, LEI nº 9.394 Lei de Diretrizes e Bases para a Educação Nacional, Brasil, 20 de dezembro de 1996.

JUNGES, K. S.; BEHRENS, M. A. Prática docente no Ensino Superior: a formação

Pedagógica como mobilizadora de mudança. Perspectiva, Florianópolis,v. 33, n. 1, págs 285 a 317, 2015.

LONGARY, A.; FIUSSEN, D. N.; AVILA, A. L. Novas estratégias de gestão para as instituições de ensino superior: uma análise sob a ótica do gênero. Revista de Gestão e Tecnologia. Florianópolis, v. 4, n. 1, págs. 35 a 48, 2014.

MENDONÇA, S. C. et al. Avaliação dos conhecimentos básicos sobre o estilo de vida e nutrição dos docentes de uma faculdade particular do município de Barra do Garças-MT. Interdisciplinar: Revista Eletrônica Univar, v. 1, n. 13, págs.81 a 86, 2015.

PAREIRA, J. E. D. As licenciaturas e as novas políticas educacionais para a formação docente. Educação & Sociedade, v. 1, n. 68, págs 109 a 125, 2009.

PEREIRA, L. D. Mercantilização do ensino superior, educação a distância e serviço social. Revista Kátal. Florianópolis, v. 12, n. 2, págs 268 a 277, 2009.

PEREIRA, O. A. O processo de avaliação-aprendizagem e a mercantilização no ensino superior. Revista de educação Anhanguera, v. 14, n. 17, págs. 87 a 102, 2011.

PERRENOUD, P. Sucesso na escola: só o currículo, nada mais que o currículo. Cadernos de Pesquisa, v. 1, n. 119, págs. 09 a 27, 2003.

SANTOS, A. P.; CERQUEIRA, E. A. Ensino superior: trajetória histórica e políticas recentes. IX Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária na América do Sul. Florianópolis, v. 1, n. 1, págs. 01 a 17, 2009.

SILVA, E. P.; QUINTÁRIOS, P. C. R.; ARAÚJO, E. A. S. Educação e desenvolvimento. Latin american journal of business management, v. 4, n. 2, págs. 42 a 57, 2013.

SILVA, O. M.; SILVA, V. M. Por uma nova transformação na educação: as contribuições filosóficas de michel Foucault. Interdisciplinar: Revista Eletrônica Univar, v. 2, n. 10, págs. 96 a 103, 2013.

SILVA, R. M. Percepção discente a respeito do desempenho didático de docentes: influência de alguns itens através de comparações estatísticas e correlações. Revista Eletrônica Produção & Engenharia, v. 3, n. 1, págs. 255 a 262, 2010.

TRINDADE, H. Saber e poder: os dilemas da universidade brasileira. Estudos Avançados, São Paulo, v. 40, n. 4, págs 122 a 127, 2000.

VASCONCELOS, N.B. Programa nacional de assistência estudantil: uma análise da evolução da assistência estudantil ao longo da história da educação superior no Brasil. Ensino Em-Revista, Uberlândia, v. 17, n. 2, págs 599 a 616, 2010.

ZITKOSKI, J. J.; GENRO, M. E. H.; CAREGNATO, C. E. Democratização da educação superior: Apontamentos para a valorização de experiências alternativas no contexto latino-americano. Revista de Ciências Humana-Educação, Porto Alegre, v. 16, n. 27, págs 56 a 71.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.